Busca

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Tag

tags

TAG: Eu Nunca! – TAG: Completando Frases

Olá, pessoal! Aqui estamos novamente (Eu, Isabela Castro e Maykon Rocha) para respondermos mais duas tag’s, que por sinal são bem simples, conhecedoras e bastante divertidas. Serão executadas em dupla e de forma aleatória. Aproveitamos o pique e disponibilidade do final de semana para dedicarmos às tag’s em atraso (Pedimos desculpas).

Desta vez fomos indicados pela Débora do Blog Bela Amiga e Mayara do Blog Devaneadora de Ideias ambas respectiva à “TAG: Eu Nunca!”. E pela Caroline do Blog Alice na Lua e Agda do Blog Toq’Sutil a respeito da “TAG: Completando Frases”. Agradecemos pelas indicações!

Será um prazer, explanarmos um pouco mais sobre nós nas seguinte tag’s:

TAG: Eu Nunca!

Eu nunca usei: Suspensório (Acho elegante e tenho muito vontade de usar). Isabela

Eu nunca fui: Em uma caverna (Apesar de ter medo de morcegos, tenho muita vontade de conhecer). Maykon

Eu nunca comi: Lichia. Isabela

Eu nunca viajei: Para o exterior (Sonho: Conhecer Londres). Maykon

Eu nunca tive interesse: Em fazer uma tatuagem. Isabela

Eu nunca ganhei: Um xadrez (Desejo de infância). Maykon

Eu nunca falei: A palavra “Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico” (Eita palavrinha grande!). Isabela

Eu nunca soltei: Um grito descendo uma montanha russa (OBS: Subindo já! rs). Maykon


TAG: Completando Frases

  1. Sou muito … Orgulhoso, curioso e observador. Procuro saber onde estou, pois assim saberei aonde posso chegar! Maykon
  2. Não suporto … Desconfiança e Mentiras. Maykon
  3. Eu nunca … Cantei em público. Isabela
  4. Eu já… Andei de skate! Maykon
  5. Quando criança… Criei meus próprios jogos artesanalmente. Tais como: Banco Imobiliário, Tabuleiros e Quebra-cabeças. Isabela
  6. Eu morro de medo de… Não alcançar os meus sonhos. Isabela
  7. Neste exato momento… Estou conversando com meu Amor. Maykon
  8. Eu sempre gostei de… Cantar. Isabela
  9. Se eu pudesse… Estudaria todos os cursos que desejo. Maykon
  10. Fico feliz quando… Vejo as pessoas que amo, felizes. Isabela
  11. Se eu pudesse voltar no tempo… Teria visitado mais o meu Avô João. Maykon
  12. Adoro… Escrever, ouvir boas músicas e assistir cover’s. Isabela
  13. Queremos muito… Construir a nossa família e viver da maneira que sonhamos. Isabela e Maykon
  14. Eu preciso… Melhorar como ser humano a cada novo dia: Aperfeiçoamento contínuo. Isabela
  15. Não gosto… De cebola, pudim e abacate. Maykon

Desafio os seguintes blogs a responderem as estas duas tag’s ou a que mais se identificar: — O poder da escolha está contigo!

Bem sabemos, o blog da Anna 

Deixe Crescer 

Meio Texto 

Meu refúgio 

Mistura Criativa 

Neanderthal Apaixonado 

O ponto afinal

O que há de melhor na vida  

Quase Inédito 

Unobtainium

Universalize seu pensamento!

 

 

Desapegue

Aprenda não esperar nada de ninguém.
Não serão legais com você porque você é legal. Talvez coisas boas não aconteçam mesmo que você seja “bom”. A vida não é dada por merecimento.
O que quer que você decida fazer, decida por você. Faça por você, porque é o que você deseja e acredita. Sem esperar nada em troca, o que vier é lucro, e reza a lenda que “fica sempre um pouco de perfume nas mãos daqueles que distribuem flores.” Se não ficar, paciência, ao menos você fez o que gostava, simples e puramente porque você gostava.
Se liberte e se permita viver por si.

Perceba-se. Sinta

 

*Faça a vida do seu jeito. Mas faça de propósito.

Os olhos deveriam possuir câmeras. Filmadoras. Pra eternizarmos e guardarmos de forma mais concreta aqueles momentos que de vez em quando, faria bem reviver.
Como a primeira vez que seus olhos viram o mundo. Como a primeira vez que seu mundo em forma de retinas encontraram seu eterno porto seguro chamado mãe.
Reviver os primeiros passos, o primeiro beijo, a primeira palavra, a primeira ciranda, o momento do encontro com o primeiro brinquedo esperado. Reviver os momentos que ser feliz lhe parecia simples e alcançável. Reviver tudo nem que fosse revendo em câmera lenta todos aqueles momentos que te fizeram crer, sem perceber, que esse negócio de ser feliz até que existe sim.
De forma bem simples e clara, o bom seria mesmo é se existisse uma máquina do tempo para revivermos tudo aquilo que precisamos em alguns momentos para continuar, para acreditar. Pra ser feliz.
O primeiro eu te amo, a primeira vez que pegamos o filho no colo, o dia da formatura, a valsa do casamento, o último abraço da vó, o som da cantiga de ninar do avô, o último abraço do ente amado que se foi.
Mas, não há. (In)felizmente fomos limitados ao eterno agora, que de tão simples e presente, nem sempre é notado.
Se essa é nossa sentença final, estarmos presos num eterno presente que para a eternização de nossos momentos parece passar mais rápido que a velocidade da luz… se essa é nossa condição, eu te desejo sensibilidade o suficiente para perceber sentindo cada vão momento e cada cena mágica que todos os dias você protagoniza, mas nem sempre se dá conta.

Coragem

Que as feridas não sacrifiquem a esperança do recomeço.
 Nem sacrifiquem a nossa coragem.
Porque coragem é coração que pulsa com a força de Deus.
Que nos abunde força quando enfim chegar o momento de romper o casulo e voar.

Que a fé, em Deus, em nós e na vida nos cerque e ampare.
E que nos permitamos surpreender, inclusive com nós mesmos.

Só por hoje

 

Só por hoje eu não vou me prometer nada. Nos prometer nada. Só por hoje eu vou apenas viver.
Só por hoje eu vou viver o agora sem os fantasmas do passado ou os medos do futuro.
Só por hoje.
Só por hoje eu vou absorver sua essência humana com a consciência decente de nossas limitações.
Só por hoje eu vou te amar sem pensar no tempo, sem correr no encalço da perfeição.
Só por hoje darei as mãos à você e sintonizadamente unidos, celebrarei a vida.
Só por hoje “serei o que sou no instante agora onde ontem, hoje e amanhã são a mesma coisa. Sem a idéia ilusória de que o dia, a noite e a madrugada são coisas distintas separadas pelo canto de um galo velho.”
Só por hoje eu vou nos fazer e ser feliz até que chegue a noite e embale meus sonhos e amanhã eu recomece todo o “só por hoje” mais uma vez.

Verdades

 

Me acostumei a me virar sozinha, a ter que enfrentar meus problemas sozinhas, a chorar quieta, sem ninguém. Isso me fez mais forte, me fez perceber que nem tudo é para sempre, que nem todas as palavras são verdadeiras. Você não sabe a dor por baixo desse sorriso.
E depois de uma decepção eu nunca mais fui a mesma, não consigo mais acreditar e confiar nas pessoas como antes.
Tem dias que acordo tão fria, tão seca, tão estúpida, tão sem sentimentos, tão revoltada, tão do contra que só o simples fato de eu existir já me tira do sério. Mas tem dias que eu acordo apenas precisando de um abraço, apenas querendo achar algo que possa me fazer sorrir, só que você foi embora cedo demais! Eu continuo aqui, e me lembro de você em dias assim, dia de chuva, dia de sol… E o que sinto não sei dizer.”

Isso é felicidade!

 

Passei a acreditar que a felicidade mora na inexistente fração de tempo em que o passado toca o futuro. Se o passado é distração e o futuro, preocupação, sobra para nós, perseguidores da felicidade, a inexistente ilusão do presente, em que tu és o que tu fazes, e nada nem ninguém mais importa. Isso é felicidade. Agora te concentra e tenta materializar um momento que não acontece jamais. Então Sorria!

Correr riscos é ser livre

Rir é correr risco de parecer tolo. Chorar é correr o risco de parecer sentimental. Estender a mão é correr o risco de se envolver. Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu. Defender seus sonhos e idéias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas. Amar é correr o risco de não ser correspondido. Viver é correr o risco de morrer. Confiar é correr o risco de se decepcionar. Tentar é correr o risco de fracassar. Mas os riscos devem ser corridos, porque o maior perigo é não arriscar nada. Há pessoas que não correm nenhum risco, não fazem nada, não têm nada e não são nada. Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões, mas elas não conseguem nada, não sentem nada, não mudam, não crescem, não amam, não vivem. Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas, privam-se de sua liberdade. Somente a pessoa que corre riscos é livre.

Travessão

Tem sido complicado, mas não causou nenhuma desistência. Tem me desgastado, me abalado, me trazido algumas complicações, complexos, dúvidas, dores; Mas tem sido bom, quando não é nada das outras coisas, é muito bom. Tem horas que vem algo e compensa tudo.
Tem sido bom, porque tem sido o que eu sempre quis que fosse. Apesar de que o meu querer nem sempre é o mais simples, apesar de que tem horas que quando vejo, já chorei a muito tempo. Apesar de que ás vezes deito a cabeça e penso que nada vale tanto a pena – mas vale. Vale, e como vale. Mesmo com algumas horas ruins, mesmo com alguns dias tristes, algumas noites mal dormidas, a gente anda pra frente, porque é o caminho que a vida deu, e a gente segura a mão de quem melhora a caminhada.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: