Busca

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Tag

sol

Chuvas de Sol

assinatura maykon

Quando a paz chegou…

Ela hoje amanheceu sol. Sol que brilha intenso, que sabe ser sereno; que ilumina palavras, cala verbos e faz falar coração mudo. Amanheceu sol porque ao abrir os olhos viu uma imagem refletida ali, bem a sua frente. Viu Você, Paz! Você que agora habita dentro dela e percorre os espaços de afeto, a olhando por inteiro, tentando descobrir o caminho impenetrável das suas incertezas.

Você que usa a ternura para mergulhar no inacessível e desvendar os mais íntimos segredos dela. Foi a você que ela ouviu com devoção, o coração bater em suave melodia de amor. Você, finalmente estava ali e trouxe de presente o intraduzível; o inexplicável, que coloriu até o inexpressivo que havia dentro dela. — Você a acalmou, Paz!

Ela lhe descobriu, assim como se descobre um novo caminho quando se está na metade do primeiro. Você despertou nela algo sublime e nobre, como vejo em poucos. Sua vontade de viver o seu amor, não como ela gostaria, mas como ele pode ser vivido, de forma plena, altruísta, apaixonada e apaixonante. Sem rima, sem métrica e sem uma seta, assim ela vai trilhando o seu caminho. — Você a acalmou, Paz!

Ela experimentou a vida com um sabor diferente. Acumulou algumas experiências, talvez incompletas, mas repletas de verdade e simbologias que carrega dentro de si. Graças a você, hoje ela é muito mais forte do que ontem, apesar das insídias da vida. Há dentro do seu ser uma paixão pelo intangível, e tudo decorre da sua íntima vontade de ser feliz. — Você a acalmou, Paz!

Universalize seu pensamento!

assinatura bel

Bússola da felicidade

Vivemos em um mundo repleto de padrões a serem seguidos, onde tudo começa, desde o primeiro choro de vida de um bebê, a sua jornada cheia de rotinas e rótulos definidos é iniciada, se esta criança não seguir as métricas deste cotidiano, o sofrimento virá, por meio de uma sociedade que respira e inspira preconceito.

Sair desta prisão interna não é nada fácil e é preciso muita coragem para desafiar o desconhecido em busca do que nos faz feliz. Ás vezes ou quase sempre vivemos uma vida que não é nossa, carregamos esta cruz simplesmente para agradar pessoas que amamos e que acreditamos que nos amam também.

Precisamos o quanto antes trilhar o nosso próprio caminho, que felizmente não serão só rosas e sim com muitos espinhos, porém, são as dificuldades que nos fazem mais preparados para encontrar o nosso verdadeiro sol.

Até que possamos nos esbarrar com nós mesmos em um beco sem saída. Pode se passar dias, anos, décadas, talvez uma vida toda se foi em vão de sonhos que não são seus. Não permita que isso aconteça com o seu coração, até porque, nunca é tarde para nos questionarmos e lutarmos por aquilo que de fato somos, pois é o que faz bater o nosso coração mais forte sendo nossa bússola em direção ao norte.

Viva sem medo de viver.

seja tudo aquilo

que deseja ser.

Pois assim tu sentirás

a real felicidade

que a vida tem a lhe oferecer!

assinatura maykon

Sou sol

 

Sempre sonhei em ser o meu próprio sol, possuir a autonomia e força que me iluminaria sempre em todas as ocasiões.
O véu que cobria a minha face fora arrancada com o tempo, fiquei com os olhos totalmente despidos e me senti como uma criança que acaba de nascer em busca do fôlego da vida.
Onde foi parar o meu céu colorido que um dia pintei em um papel qualquer, acreditando que um dia poderia falar com as nuvens?. Ah! quanta inocência a minha, de achar que tudo era fantasia, que todas as pessoas eram boas e honestas, que com um piscar dos olhos poderia viajar para um mundo encantado onde as árvores eram feitas de algodão doce.
O “tempo” fugiu com o meu véu em suas mãos, tentei recuperá-lo,fingir que coisas más, que pessoas más, que más situações não são tão más assim! Me enganei! Me senti desamparada, e mais uma vez a percepção me veio a tona de que o ser humano é tão “putrefato”.
Sinto saudades de mim e da minha inocência, éramos tão felizes, não havia falsidades, desânimos, percepções tão complexas.
Volta pra mim meu eu inocente, que foi raptado pelo tempo, uma vez corrompida, jamais poderei ser inocente novamente, como afirma Rousseau, o homem nasce bom e a sociedade o corrompe.

By: Veraneio

Enviado por Ana

Se você deseja enviar seu texto, leia mais sobre em  Contato

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: