Busca

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Tag

Felicidade

“Você vai rir… sem perceber, Felicidade é só questão de ser!” – Marcelo Jeneci
Aqui reúne todos os posts relacionados à Felicidade. Confira!

Amor, que isso?

assinatura maykon

O Infinito do meu Além

Feliz Dia dos Namorados!

Universalize seu Amor!

slogan-crop

 

assinatura maykon

A hora é Agora!

assinatura maykon

Bússola da felicidade

Vivemos em um mundo repleto de padrões a serem seguidos, onde tudo começa, desde o primeiro choro de vida de um bebê, a sua jornada cheia de rotinas e rótulos definidos é iniciada, se esta criança não seguir as métricas deste cotidiano, o sofrimento virá, por meio de uma sociedade que respira e inspira preconceito.

Sair desta prisão interna não é nada fácil e é preciso muita coragem para desafiar o desconhecido em busca do que nos faz feliz. Ás vezes ou quase sempre vivemos uma vida que não é nossa, carregamos esta cruz simplesmente para agradar pessoas que amamos e que acreditamos que nos amam também.

Precisamos o quanto antes trilhar o nosso próprio caminho, que felizmente não serão só rosas e sim com muitos espinhos, porém, são as dificuldades que nos fazem mais preparados para encontrar o nosso verdadeiro sol.

Até que possamos nos esbarrar com nós mesmos em um beco sem saída. Pode se passar dias, anos, décadas, talvez uma vida toda se foi em vão de sonhos que não são seus. Não permita que isso aconteça com o seu coração, até porque, nunca é tarde para nos questionarmos e lutarmos por aquilo que de fato somos, pois é o que faz bater o nosso coração mais forte sendo nossa bússola em direção ao norte.

Viva sem medo de viver.

seja tudo aquilo

que deseja ser.

Pois assim tu sentirás

a real felicidade

que a vida tem a lhe oferecer!

assinatura maykon

Beijo é Amor de fora para dentro

     Há um riso bobo que se pendura no peito sempre que teus olhos desnudam os meus. E como raio de sol no último dia de inverno, derrete o gelo e abre espaço para as flores sorrirem.
Há uma mão que me resgata da submersão e me traz a tona para respirar. E não é a sua, é minha, por enquanto. E a cada golfada de ar que rasga meus pulmões eu inspiro melhor  quando sinto o perfume que tua pele canta para minha. E quando o frio da distância em meu corpo toca; um casulo forte a quem carinhosamente apelidei de confiança me nina e deita comigo ao dormir. E quando sua mão enfim consegue alcançar a minha, até a tempestade do mundo lá fora se cala e naqueles instantes há apenas você e eu, e seu olhar pintando minha noite de estrelas e fazendo a lua mais linda nascer na retina do meu olhar. E aí pouco importa o mundo, o barulho ou o vento rasgando minhas roupas; guardada em teu beijo; aquele que resgata todo Amor, de fora para dentro. É ali que nos encontramos e percebemos então que nem todos os dias são de euforia, mas que há sempre motivos para celebrar e que escrever a vida com as mãos unidas é um dos maiores deles.

Serei teu porto quando a chuva forte desabar,

tua dama quando a vida oferecer a música para dançar,

tua amante quando o desejo fizer tua pele queimar

E minha, pra poder ser tua

Pra que meu coração saiba em infinito como conjugar bem o nosso verbo Amar.

Feliz Dia do Beijo!

Universalize seu pensamento!

logo ui colorida

Vai que é tua coração

assinatura maykon

Feche os olhos e sinta

Palavras despejadas ao vento, vazias de verdade, não me interessam. São abafadas ao mesmo tempo que são produzidas. Quero sinceridade. O lado avesso exposto. Não sonho em preto e branco e nem me contento com cores primárias. Meus sonhos são aquarelas. Fujo do impacto da mesmice. A arte que me percorre as veias deseja pintar um universo novo. Meus devaneios espalham – se pelos quatro cantos. Perdem-se. Encontram – te. Nesse cenário não sigo só. Faço parte de um todo. De um desconexo. Um mar revolto. Insisto que não faz sentido, pois sei que nele repousa a essência inalterada. O mundo imaginário é composto de infinitas possibilidades. Só depende de você enxergar o que está diante de você. Na dúvida feche os olhos e sinta.

Verdades

 

Me acostumei a me virar sozinha, a ter que enfrentar meus problemas sozinhas, a chorar quieta, sem ninguém. Isso me fez mais forte, me fez perceber que nem tudo é para sempre, que nem todas as palavras são verdadeiras. Você não sabe a dor por baixo desse sorriso.
E depois de uma decepção eu nunca mais fui a mesma, não consigo mais acreditar e confiar nas pessoas como antes.
Tem dias que acordo tão fria, tão seca, tão estúpida, tão sem sentimentos, tão revoltada, tão do contra que só o simples fato de eu existir já me tira do sério. Mas tem dias que eu acordo apenas precisando de um abraço, apenas querendo achar algo que possa me fazer sorrir, só que você foi embora cedo demais! Eu continuo aqui, e me lembro de você em dias assim, dia de chuva, dia de sol… E o que sinto não sei dizer.”

Isso é felicidade!

 

Passei a acreditar que a felicidade mora na inexistente fração de tempo em que o passado toca o futuro. Se o passado é distração e o futuro, preocupação, sobra para nós, perseguidores da felicidade, a inexistente ilusão do presente, em que tu és o que tu fazes, e nada nem ninguém mais importa. Isso é felicidade. Agora te concentra e tenta materializar um momento que não acontece jamais. Então Sorria!

Pequenas felicidades

Busco o que todos buscam, mesmo sem saber direito, algo que é alcançavel. Porém algo que está no fim de uma estrada tortuosa,perigosa. Busco óbvio, a felicidade.
Pra você o que é felicidade? Concerteza vocês irão responder : “estar com quem se gosta”, ou “composta de pequenos momentos”, “viver em um lugar paradisíaco”, “ter bens materiais”, ter um namorado(a) …
Felicidade é coisa que não tem nome. É silêncio que perpassa os dias tornando-os mais belos e falantes, felicidade é estar bem consigo mesmoFelicidade é palavra pequena que diz muito, é uma frase que diz mais que livros inteiros, eu quero a felicidade de toda hora, felicidade é encontrada em Deus. Muitas vezes o desejo de ser feliz é sucumbido pelos problemas do dia-a-dia, quanta desesperança, quanta falta de fé.

Felicidades pequenas como um abraço de reencontro, um sorriso nos olhos de quem se ama. Muitas vezes depositamos a felicidade com algo que queremos muito, não forço para que seja como eu quero, apenas a acolho quando menos espero. A felicidade é coisa sem jeito, mas com ela eu me ajeito.

Confesso

Confesso que por mais que não queiramos, sempre temos algo para confessar… Chegara a minha hora.
Hoje. Um dia de muita reflexão. E confesso que às vezes tenho perdido o verdadeiro sentido da vida. Tenho agido de forma leviana, e afastado algumas pessoas de mim, talvez as mais importantes. Confesso que senti falta de algumas ligações, alguns abraços e conversas longas jogadas fora.
Daí, eu me senti sozinha no mundo. Confesso que fiz um mergulho em mim, e quase perdi o fôlego, mas a vontade de vencer e superar os obstáculos dessa vida derradeira pulsara mais forte, foi assim que voltei à superfície, respirei ar puro, combinado com uma dose de amor…
Amor? Sim, amor, apesar de incompleto, os meus sentimentos são leais ao que eu necessito. Podem ser um tanto distorcidos ou incoerentes, mas são de alma e coração. Também venho confessar carências, tristezas e ciúmes. Ciúmes do tempo… não sei.Confesso que a vontade de escrever surge cada vez mais em mim. Porém a vontade de abraçar alguém hoje é bem mais intensa. No fim de tudo, confesso que sou essa menina boba, que luta pelos seus sonhos e acredita no amor. Completarei daqui a alguns dias, 18 primaveras, tenho me tornado grande. É assim, às vezes esquecemos que grandeza é o simples fato de existir. Confesso pela última vez: Só aprecio o que escrevo com o coração.

Uma busca, sem fim

Eu era mais uma na multidão que procurava saber quem era de verdade, pois, não compreendo ainda quem sou, mas estou a procura de mim.
O desencontro dentro de mim é inevitável, tinha medo de ter nascido; Logo eu, que enfrento a vida com tanta coragem… Parada aqui em frente à janela peço constantemente um pouco de mim, e o meu coração sarcástico rir. Pode não parecer mais eu desprezo o resto do mundo.
Eu observo todas essas pessoas ali em baixo, podem ter vivido por algum tempo, duvido que já pensaram em algo profundo.
Estou aqui, em busca de respostas, mas em certos momentos nem eu gostaria de saber certas coisas sobre mim, talvez isso me amedronte demais. Sinto como se houvesse um ser dentro de mim, esse ser que vive dentro de mim é ausente por fora, e só o vejo através de um lápis e um papel, quando escrevo é que vejo o que apenas sinto e é nos momentos inoportunos que sempre nos encontramos, exatamente como agora… [Silêncio]
[…] É preciso que eu me cale por instantes e que eu feche meus olhos para que tudo o que eu não sou exteriormente desapareça para dar lugar ou ser invisível que sou. É como se houvesse uma gerra por dentro, uma hora a batalha acaba, mas outra, se inicia. Algumas explosões, alguns tiros, alguns feridos. Algumas perdas, algumas vitórias… Mas, nunca um fim.
Ah, e eu ainda procuro um amor, mas o amor que eu procuro é diferente dos “eus”. Quero um amor de você dentro de mim…

A vida e seus (des) entendimentos

Não entendo o vazio das pessoas cheias. Não entendo o vazio das pessoas vazias.
E porque quero entender? Não entendo.
Entender é uma vitória. Não entender é uma pré-vitória.
A pré-vitória pode durar muito tempo e todo esse tempo será cheio de emoção; A vitória dura poucos minutos e perde a graça.
Não entender é frustrante, mas interessante.
Sinto-me pacificamente bem e não sei explicar o por que.
O entendimento será sempre vazio demais para compreender o que somos.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: