Busca

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Tag

coração

A gratidão reside em mim

Ela chegou e repousou ao meu lado. A princípio, não me disse nada, só me olhou com aquele olhar todo cheio de carinho. Retribui seu olhar afetuoso e sorri levemente. Ela pegou-me pela mão e levou-me para janela e mesmo sendo a mesma janela que dia após dia eu olhava, não foi o cenário de sempre que vi. Vi céu azul alegre. Vi o vento tirando nuvens devaneadas para dançar. Senti o frio aprazível tocando suavemente minha face. — Suspirei e sorri novamente, agora com os olhos fechados. Senti um arrepio percorrer todo meu corpo!

Ela esperou-me contemplar aquela cena durante algum tempo e depois me pegou pela mão novamente e me levou para porta de casa, lá eu vi o céu azul novamente e cores quase irritantes de tão lindas e vivas. Ela permaneceu calada, só olhou pra mim novamente, beijou minha testa e antes de esvair-se para dentro de mim, sussurrou docemente ao meu ouvido: — Agora, somos Uma! Bastou. Sorri inteiro e tranquilo.

Dei o primeiro passo para o exterior da casa e lembrei-me da vida e de tanta gente que às vezes, só precisa de um sorriso para florir. Deixei a água do “tudo passa” me lavar e levar o que precisava ser levado. Aceitei e abracei o novo tempo que já estava aqui. Grata sou por tudo que vivi!

Ela me ensinou a ser grata. Talvez seja esse mesmo o sentido da vida: Agradecer as oportunidades; a saúde em dia; aquela segunda chance; um abraço; a presença da família; um pôr do sol bonito e até mesmo os ventos contrários que se converteram em aprendizados.

Ela me mostrou que agradecer também é oração. É contar para o cara lá de cima que ele te faz bem, mesmo colocando em nossos caminhos aquelas missões difíceis. Somos abençoados demais para reclamar. Mais bonito do que pedir, é agradecer de peito aberto e sorriso no rosto. Agradeço pela vida. Pelo sorriso. Pelo dom da gratidão.

Descobri que gratidão é ter a certeza de um coração tranquilo… Dentro deste coração manso reside um sentimento grato por ter encontrado nos braços abertos de alguém, o aconchego de um abraço espontâneo, de uma palavra amiga que renova a esperança. E na esperança, a alegria na alma e a leveza nos passos – até no descompasso.

Gratidão é sinônimo de viver bem; É ter a palavra certa mesmo quando tudo gira em torno da hora errada. É deixar o desassossego adormecer de tanto cansaço e o medo ir embora por pura covardia. É permanecer por insistência; não desistir de sorrir e descruzar os braços da resistência para ser, enfim, a paz que conforta.

Universalize seu pensamento!

assinatura bel

O Universo Inconsequente/Infinitos Trezeais é a nossa gratidão ao mundo. Continuaremos nesta trajetória de ir além, acreditando e pregando que pequenos gestos têm mais valor que qualquer bem tangível. O maior valor encontra-se dentro do seu próprio peito e que a vida é uma só e deve ser vivida intensamente.

Sinônimo de coletividade: Assim tornamos e somos. Com vocês! Com os nossos Inconsequentes aprendemos a chegar a lugares que jamais pensaríamos em chegar. Números e acessos não significam, nem significarão nada perante o que fazemos quando concentramos toda a força do nosso coração; publicando aquilo que gostamos traduzidos em inspirações diárias e doses de amor compartilhadas aqui neste Universo, que é nosso!

Gratidão a todos que veio até nós, seja por um sorriso generoso, uma palavra sincera e/ou por um comentário motivador. Àqueles que nos acolheu e fez-nos descobrir o verdadeiro conceito de gratidão, o nosso mais sincero e afetuoso agradecimento. A vocês, brindemos GRATIDÃO!

slogan-crop

Paixão de Um Poeta

assinatura maykon

Vale sonhar, fazer e acontecer

Estive pensando sobre a vida esses dias. Sobre a maneira que a vivemos e resgatei um amontoado de ensinamentos.

Vejo pessoas reclamando por todos os lados. Vejo muitos sonhos, muitas vontades, muitos anseios. Vejo tanta coisa… Mas vejo também, pouca atitude para mudar, para realizar, para viver realmente como se quer viver.

Vale o tempo da conquista? Da conversa de horas e horas, seja na calçada de casa ou em um bate-papo virtual?  Vale uma noite sem dormir por um amigo, família, por um amor e/ou por amor? Vale tentar o novo? Aguentar certas barras por alguma razão maior? Ou talvez, engolir alguns sapos? Vale o passo demorado pra apreciar a paisagem?

Posso não saber suas respostas, mas sei de mim que responderia sim para todos esses questionamentos. Vale sim! Vale muito, inclusive vale sentar e ficar mais um pouco para conversarmos das nossas amenidades que trazem os nossos sonhos pra brincar e enxergar a vida com os olhos da alma.

Vale ser feliz. Vale ter ousadia. Ser autêntico. Ser corajoso, ainda que assim enfrente os seus maiores medos.

O que não vale é brincar de pique-esconde com os sorrisos por causa de orgulho. Impor limites para as situações, para as escolhas e para as pessoas. Prostrar-se, desanuviando diante a vida e não mais levantar. Estender uma briga, só pra terminá-la com o gostinho da razão. Fazer da insônia prato de todas as noites por coisas e pessoas que não dedicarão uma hora sequer por você.

É preciso força para seguir, é preciso estar bem com nós mesmos, para posteriormente realizarmos todo e grande sonho que se pode sonhar.

Vale olhar no espelho e ver através e além dos percalços e lembrar que podemos ser melhores. Que não somos tão ruins quanto os ventos que querem muitas vezes, nos fazer desacreditar do quão magnífico e edificante é sonhar.

Vale a vida pela vida, o sorriso pelo sorriso, o sacrifício por um bem maior. Vale a lágrima. Vale a luta. Vale até mesmo a derrota. Só não vale sermos desonestos com nós mesmos a ponto de ignorarmos e evitarmos o que nos faz bem.

Universalize seu pensamento!

assinatura bel

Imensurável coração

assinatura maykon

Vai que é tua coração

assinatura maykon

Sons do coração

Escrever é uma forma de eternizar aquilo que se acha bonito, doce e até mesmo alguns desalentos que nos fazem relembrar do quanto tudo na vida é superável.

É dar vazão a um eu diferente ou talvez igual.

É aquela conversa particular que traz a tona tudo que você fecha os olhos para não ver, mas ainda assim seu coração insiste em te mostrar, da forma mais sublime, incrivelmente única, desvendando os sinuosos caminhos do seu interior.

Escrever é transfundir para as letras o que acontece, o que se sonha ou só o que se quer transfundir.

O céu da vida, quando escrito e lido ainda é mais extenso que o céu real.

Nem toda pele que aqui se desnuda é a pele que você acha que vê.

Os sons do coração que aqui ressoam, ás vezes podem ser só sons de um querer que não possui proprietário ou que grita representando os corações que o lê.

Escrever é viajar, sem barreiras, nas calçadas largas do coração.

Universalize seu pensamento!

logo ui colorida

Só sei sentir

Hoje eu não sei dizer.

Só sei sentir.

“Há dias em que as palavras não são capazes de traduzir o sentimento. Bom mesmo é ser compreendido, mesmo quando não sabemos dizer… Amar é uma forma de crer em silêncio.”  

(Pe. Fábio de Melo)

 

Confesso

Confesso que por mais que não queiramos, sempre temos algo para confessar… Chegara a minha hora.
Hoje. Um dia de muita reflexão. E confesso que às vezes tenho perdido o verdadeiro sentido da vida. Tenho agido de forma leviana, e afastado algumas pessoas de mim, talvez as mais importantes. Confesso que senti falta de algumas ligações, alguns abraços e conversas longas jogadas fora.
Daí, eu me senti sozinha no mundo. Confesso que fiz um mergulho em mim, e quase perdi o fôlego, mas a vontade de vencer e superar os obstáculos dessa vida derradeira pulsara mais forte, foi assim que voltei à superfície, respirei ar puro, combinado com uma dose de amor…
Amor? Sim, amor, apesar de incompleto, os meus sentimentos são leais ao que eu necessito. Podem ser um tanto distorcidos ou incoerentes, mas são de alma e coração. Também venho confessar carências, tristezas e ciúmes. Ciúmes do tempo… não sei.Confesso que a vontade de escrever surge cada vez mais em mim. Porém a vontade de abraçar alguém hoje é bem mais intensa. No fim de tudo, confesso que sou essa menina boba, que luta pelos seus sonhos e acredita no amor. Completarei daqui a alguns dias, 18 primaveras, tenho me tornado grande. É assim, às vezes esquecemos que grandeza é o simples fato de existir. Confesso pela última vez: Só aprecio o que escrevo com o coração.

Agora pertenço a você, só a você

As vezes, só as vezes dá uma saudade irracional de você. Saudade do seu jeito, do seu olhar, da sua forma de dizer o quanto eu te fazia bem e o quanto gostava de mim. Eramos amigos, bons amigos. Até um dia em que você decide declarar todo o amor que sentia por mim, e que só eu, por ingenuidade nunca soube. Eu sei que dariamos certo mas não, não queria me envolver com ninguem. Mas você com todo o seu jeito carinhoso e sua imensa paciencia -que só tinha comigo- conseguiu despertar em mim, um interesse diferente, muito além de uma simples amizade, o amor. Aos poucos, mesmo sem querer, eu conseguia conquistar você mais e mais, não sei como nem porque, e eu fui me apaixonando pelo seu jeito e pela linda forma como me tratava, e quando percebi, já havia entregado toda a minha vida e o meu mundo nas tuas mãos. É…você me conquistou, e dessa vez foi pra valer. Durante todo esse tempo eu nunca te falei um “Eu te amo!” ou até mesmo “Eu gosto de você!” porque realmente não havia nada dentro de mim que pertencesse a você. Mas hoje, qualquer uma dessas palavras são poucas demais para dizer o que sinto, pois o meu amor vai muito mais além do que você ou qualquer outra pessoa possa imaginar.

Semear amor!

Hora de recomeço, tempo maravilhoso para mudanças meu bem. É chegado o tempo de semearmos o amor para o outro, o amor no outro. Amar é plantar, semear, e por fim, colher. Os frutos do amor são belos e incompreensíveis. Eu creio que existe um tempo para cada coisa nesse mundo, e agora é o nosso tempo.
Aproxime-se de mim, e então me abraça forte e diz mais uma vez que já estamos distantes de tudo, por que dessa vez eu acredito, meu amor.  Porque a nossa história acontecerá conforme Deus preparou, e não quando nós pensávamos que era a hora, já estava escrito. Agora estamos distantes de todas as desconfianças, dos ciúmes e dos medos que nos rondavam.
Agora eu quero que você saiba que você semeou o amor em mim, e hoje você pode colhê-lo, a vida não terminou como eu acreditava, ela estava apenas começando. Aprendi que não se pode colocar um ponto final na esperança, na verdade era apenas uma vírgula posta por Deus, para que provássemos a todos que o amor tudo suporta, tudo crê. É uma regra da vida.
Que cada um cuide do amor. Que cada um cuide do que diz, do que cultiva, do que planta no outro. A razão é simples: o amor pode começar ou terminar, na forma que o semeamos.
É simples…
A verdade é que o amor existe, e quem sou eu para duvidar

A vida e seus (des) entendimentos

Não entendo o vazio das pessoas cheias. Não entendo o vazio das pessoas vazias.
E porque quero entender? Não entendo.
Entender é uma vitória. Não entender é uma pré-vitória.
A pré-vitória pode durar muito tempo e todo esse tempo será cheio de emoção; A vitória dura poucos minutos e perde a graça.
Não entender é frustrante, mas interessante.
Sinto-me pacificamente bem e não sei explicar o por que.
O entendimento será sempre vazio demais para compreender o que somos.

Moldando me

Tão pequena diante a imensidão, procuro mergulhar no abismo da existência, não para compreender tudo. Afinal, não quero perfeições, não quero palavras bonitas. Não quero o que não posso, não quero que me desmonte. Sou composta por peças pequenas, que se enroscam em minha mente. Sou pequena, sou poeta, sou atriz. Sou o que eu quero, sou o que posso ser, sou ignorância, sou abundância. Só quero amar, só quero aprender olhando nos olhos, olhando na brecha da porta querendo ver meu futuro.
No copo d’água espremo minhas lágrimas, e no teto penduro meus sonhos, jogo no lixo as mágoas, e recolho do lixo as lembranças.
Gosto do vento do mar, gosto de contar estrelas, gosto de variáveis sabores, mas não gosto de frutas cítricas. Não tenho cor própria, sou de lata.
Formaram-me com os primeiros desejos, sou a primeira filha. Sou criança nos olhos dos meus pais, e adulto nos olhos dos animais. Não tenho veneno, não tenho dinheiro. Nem sempre faço tudo que tenho vontade, mas falo doces palavras.
Entendo os piores assuntos, e esqueço-me de determinados trabalhos. Digo-lhe, não sou um robô, sou uma atriz e minha platéia ainda não aplaudiu meu espetáculo.
Meu show é meu destino, meu show vive comigo, meu show se chama CORAGEM.

Amigos são como o vento

Alguns amigos por força do destino, nem sempre estão perto de nós, não o suficiente como queríamos. Hoje eu compreendo que não necessito estar 24 horas ao lado deles para entender a proporção da nossa amizade, para compreender como são especiais para mim. A distância pode parecer monstruosa, mas não destrói grandes amizades.
Como diria Antoine Saint Exupéry: “Ter um amigo é uma opção de amor… eles são importantes demais para serem esquecidos”. Eu concordo, e acrescento, é soma de amor, multiplicação de carinho, divisão de respeito e sempre estamos subtraindo os defeitos.
Amigos. Bênçãos que vem do coração de Deus para a gente cuidar. Vou viver em Deus a amizade que Ele aqui me concedeu, vou chorar bastante quando a saudade bater em minha porta. Vou rir lembrando os momentos de felicidade que passamos, e principalmente vou orar por você, assim conseguirei sentir mais forte a sua presença. Sei que você meu amigo é insubstituível, ficará para sempre a recordação de você dentro de mim.
Costumo assimilar amigo como vento. Sim, amigos são como o vento, impossível de prendê-lo entre as mãos, eles às vezes tem que tomar outra direção, um caminho contrário ao nosso. Às vezes são como um “furacão”, que invadem as nossas vidas. Às vezes “brisa suave” acalmando nossa alma. Amigos são como ventos, às vezes perto, às vezes longe, mas eternamente dentro de nossos corações.
Finalizo com uma frase que define muito bem  um amigo: ”Amizade só faz sentido se trás o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo. Eu não vou estranhar o céu… Sabe por quê? Por que… Ser seu amigo já é um pedaço dele!” (Vinícius de Moraes)

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: