Busca

Universo Inconsequente

"Assim como o universo somos inconstantes e infinitos a serem descobertos."

Tag

alma

Aonde nossos pés alcançam

Demorou algum tempo para que eu pudesse compreender a sutil diferença entre doar e receber. Ainda penso sobre as estranhezas da vida e o seu jeito de fazer as coisas acontecerem, lembrei-me daquele tempo em que esperava ser amada porque julgava que merecia.

Demorou algum tempo para que eu pudesse entender esses intervalos de tempo em que o amor se faz presente. Demorou algum tempo para que eu pudesse enxergar do lado de dentro todo amor que eu supunha existir somente do lado de fora.  Às vezes demora mesmo… Esses arbustos devem ser podados e as flores de esperança plantadas até que o amor brote no lado de dentro, na alma da gente. Isso demanda tempo e sabedoria.

A sua presença só se faz pelo caminho do bem. E sua essência é tão generosa que nos convoca à generosidade. Mas a vida, na sua estranha complexidade, divide os momentos, mistura os sentimentos e nos faz perceber a pulso o seu real sentido e as suas verdadeiras intenções.

Hoje, compreendo nesse misto de estranheza e complexidade, que a vida estava apenas tentando me ensinar o significado de transformação! Essa mutabilidade, esse movimento é que nos faz caminhar e chegar àquele lugar aonde nossos pés alcançam.

Universalize seu pensamento!

logo ui colorida

Amor Meu

assinatura maykon

Sobre o que reside em nós

Aquele foi o momento em que brotou em sua alma o desejo de ver tudo no seu devido lugar. Era a hora de costurar retalhos de lembranças com fios de sabedoria. Fios que tecem o entendimento e transformam a vida em algo fácil de conduzir. Havia ali, naquele instante do desejo, a oportunidade de varrer da memória os desafetos, os desencontros e todo o desconforto que carregou durante todo esse tempo que permaneceu em silêncio, ouvindo apenas a voz sutil dos seus próprios sentimentos. Eles que pareciam tão confusos e, simultaneamente, tão sublimes. Tampouco, sabia o destino que daria a eles. Mas compreendia que eles eram a parte viva dessa história… Ainda assim, em meio à compreensão, havia certa dificuldade em estabelecer uma conexão entre o que sentia e o que vivia. Resolveu mergulhar na correnteza das emoções experimentadas. Olhou para dentro de si e concluiu que lá reinava todos os seus pensamentos mais convictos e jamais vistos antes daquela forma: Ali, entre um intervalo e outro, na pausa dos sentimentos, na divisão dos momentos, conseguia identificar fragmentos do amor verdadeiro. Àquele que é a essência íntima de todas as coisas, de toda explosão de infinitos que corria em sua veia; que resiste a imensidão do tempo; que espanta o medo das incertezas; que nos convoca ao poder supremo da entrega e faz a vida valer a pena. Esse amor realmente existe! … Ele vive!

Universalize seu pensamento!

logo ui colorida

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: