Demorou algum tempo para que eu pudesse compreender a sutil diferença entre doar e receber. Ainda penso sobre as estranhezas da vida e o seu jeito de fazer as coisas acontecerem, lembrei-me daquele tempo em que esperava ser amada porque julgava que merecia.

Demorou algum tempo para que eu pudesse entender esses intervalos de tempo em que o amor se faz presente. Demorou algum tempo para que eu pudesse enxergar do lado de dentro todo amor que eu supunha existir somente do lado de fora.  Às vezes demora mesmo… Esses arbustos devem ser podados e as flores de esperança plantadas até que o amor brote no lado de dentro, na alma da gente. Isso demanda tempo e sabedoria.

A sua presença só se faz pelo caminho do bem. E sua essência é tão generosa que nos convoca à generosidade. Mas a vida, na sua estranha complexidade, divide os momentos, mistura os sentimentos e nos faz perceber a pulso o seu real sentido e as suas verdadeiras intenções.

Hoje, compreendo nesse misto de estranheza e complexidade, que a vida estava apenas tentando me ensinar o significado de transformação! Essa mutabilidade, esse movimento é que nos faz caminhar e chegar àquele lugar aonde nossos pés alcançam.

Universalize seu pensamento!

logo ui colorida