que as pessoas que sempre queriam estar do meu lado erram as que eu nem conhecia. As amizades mais fortes foram sumindo, percebi também que tinha dias que eu contava meus passos simplesmente por não ter nada a fazer. Conheci novos métodos para ser feliz, sorrir por olhar as crianças brincando e por ver o brilho do sol. E hoje eu fico feliz por ver essas mudanças, vejo que as coisas que deixei não foram coisas que perdi, mais sim as coisas novas que substitui.