“Quando eu te vejo, perco sempre a noção do tempo talvez consiga te mostrar. o que é o dia, pra quem não te conhece ainda, é só uma folha a mais que cai, só mais um sol e um luar. pra mim é tanto que eu não saberia nem me expressar, pra mim é tudo que eu poderia um dia imaginar. o que é um beijo, pra quem nunca tocou teus lábios, é só o que resta à fazer, se não há nada a dizer. pra mim é tanto que eu não saberia nem me expressar, pra mim é tudo que eu poderia um dia imaginar. já não consigo mais me imaginar, com outro alguém sem ser você! pra mim é tanto que eu não saberia nem me expressar, pra mim é tudo que eu poderia um dia imaginar”