“NÃO É AQUELE AMOR ARTIFICIAL, MUITO MENOS AQUELE PASSAGEIRO, É AQUELE QUE A GENTE LEVA PRA VIDA, POIS NEM SE QUIZÉSSEMOS, PODERÍAMOS EVITAR. AQUELE QUE COMEÇA COM UM GESTO E QUE ACABA INTERMINÁVEL, QUE NÃO SE DEIXA ABATER POR PALAVRAS MALDOSAS, QUE CRESCE CADA DIA MAIS. O QUAL A GENTE DESEJA FELICIDADE, NÃO IMPORTA COM QUEM A PESSOA ESTEJA, O QUAL FAZ DESCER LÁGRIMAS DE EMOÇÃO. AQUELE AMOR QUE FAZ A GENTE CHORAR AO VER OS VÍDEOS MAIS TRAUMANTES, AQUELE SENTIMENTALISMO QUE PODE ATER PARECER CARETA, MESMO NÃO SENDO, MAS É VERDADEIRO”